Servidores Cache gratuitos

Olá amigos!

Vejo muitas pessoas querendo servidor cache mas não sabem qual devem usar. Nesse artigo apresento algumas soluções gratuitas disponíveis na própria web para download e seus respectivos tutoriais.

Começamos com o Lusca Cache, desenvolvido e postado originalmente na Underlinux

https://www.youtube.com/watch?v=biHUJmofH7k

Lusca-Cache Cliente

Melhore o desempenho da internet de seus clientes e desafogue 60% da banda de sua internet.

Para ele funcionar corretamente vá em painel de controle>opções da internet>conexões>configurações lan
Marque a caixa “Usar servidor proxy para a rede local” e adicione o ip 127.0.0.1 porta 8000.
Nesse modo o Mozilla, Chome, Internet Explorer, e outros navegadores e programas, vão procurar pelo proxy padrão de seu sistema.

Veja a imagem:
Clique na imagem para uma versão maior Nome:	         Como configurar o Lusca-cache.jpg Visualizações:	178 Tamanho: 	54,9 KB ID:      	38288

Caso não funcione algumas coisas reinicie seu computador, que ele irá funcionar.

Lusca_for_ComStuff_V2.2.3 x86 x64 Under-Linux

Notas da versão 2.2.3 – 02/09/2012
• Faz Cache do Orkut (por mascaraapj “Andrio Jasper”)
• ads.block desativado (Evita blokeios e bugs em jogos com laucher e problemas em vários sites)
• Versão 2.2.3 requer a versão 2.2.2 Instalada
• Instalação automática (Apenas dois cliques)
• Nenhuma opção removida da versão 2.2.2

Notas da versão 2.2.2 – 23/08/2012
• Strawberry perl 5.16.1.1 32bit e 64Bit
> Ativado para arquivos dinâmicos Youtube, 4shared e Filesonic
• Aceita as duas plataformas x86 e x64 Bit
• Stop SQUID LUSCA tambem desativa o proxy
• Start SQUID LUSCA tambem ativa o proxy
• SquidCheck Atualizado
-> Verifica se estiver internet
> Se não estiver fecha o squid.exe
> Se estiver abre o squid.exe
• Nenhuma opção removida da versão 2.2.1

Notas da versão 2.2.1 – 21/08/2012
• Faz Cache do Youtube
• Faz Cache de Servidores de links pagos “4Shared” e outros
• Alta velocidade de download para Maxima
• Gerador de relatório de conexão em Portugues-BR
• Pasta luscacache na unidade D: fica oculta
• Configura o proxy automaticamente
• Inicia junto com o windows
• Squid.conf configurado para melhor desempenho
• Todas as outras tarefas de cache estão adicionadas
• Espaço para cache total no cliente 10GB

Atenção não fiz este programa sozinho, o Lusca Cache para windows existe desde 09/2011 veja o site official www.lusca.info.
O usuário “th30nly” quem disponibilizou esta versão, eu apenas fiz as alterações citadas acima para uso especialmente nos clientes,
já vai instalar com tudo configurado certinho.

Elaborado por:
MarcusMJM
http://under-linux.org/members/mjmmarcus2/

Agradecimentos:
MascaraAPJ “Idealizador”
http://under-linux.org/members/mascaraapj/

joelson000 “Quem disponibilizou o código fonte para o SquidChek”
http://autoitbrasil.com/index.php?/user/86-joelson0007/

Medabi “Por ajudar no progeto SquidCheck”
http://autoitbrasil.com/index.php?/user/41-medabi/

Agradecimentos a todos que testaram:
http://under-linux.org/members/demattos/
http://under-linux.org/members/givigirj/
http://under-linux.org/members/jolielson/

Novo Fix Update para versão 2.2.3**

Update para versão 2.2.3 na unidade C:
Lusca for ComStuff V2.2.3C FixUpdate Under-Linux.rar 314KB
Update para versão 2.2.3 na unidade D:
Lusca for ComStuff V2.2.3D FixUpdate Under-Linux.rar 314KB

Links para download da versão 2.2.2 está em dois pacotes uma para partição C: e outra para D:
Versão para cache Versão 2.2.2 na unidade C:
Lusca_for_ComStuff_V2.2.2C x86 x64 Under-Linux.rar 137MB*
Versão para cache Versão 2.2.2 na unidade D:
Lusca_for_ComStuff_V2.2.2D x86 x64 Under-Linux.rar 137MB*

Links para download da versão anterior:
Lusca_for_ComStuff_V2.2.1b_rev1 Under-Linux.rar Link 1
Lusca_for_ComStuff_V2.2.1b_rev1 Under-Linux.rar Link 2
Lusca_for_ComStuff_V2.2.1b_rev1 Under-Linux.rar Link 3

* O instalador aumentou por causa do “Strawberry perl x86 e x64” incorporado junto ao instalador só os dois somam uns 120MB
** Requer a instalação da versão anterior 2.2.2 para poder rodar

 

Além dele, um que pessoalmente acho bem interessante é o “Squid Fácil”.

Sobre o Squid Fácil 1.0

          O Squid Fácil é um painel de controle que consegue controlar serviços do Windows onde era difícil e complicado usar o Squid em plataformas Windows.
O Squid Fácil ajuda a iniciar e parar o serviço do SquidNT de maneira fácil e intuitiva, e configura o IE para usar proxy, além disso agora a versão 1.0 consegue gerar relatório usando um arquivo de log de sites acessados, top sites, top downloads e muitas outras informações graças ao “Sarg for Windows”. A versão 1.0 conta também com um squid.conf mais detalhado e explicativo e com alguns recursos que chegam a cachear quase 80% de sites como o orkut, por exemplo.

          O Squid Fácil 1.0 tornou-se a maneira de usar um proxy-cache fácil para usuário final.


 

Squid Fácil Server – Beta

O Squid Fácil Server é uma versão remasterizada o Ubuntu 8.04 já com alguns servidores instalados principalmente o Squid que tem por objetivo ser um Web – Proxy de uma rede, onde podemos por um browser acrescentar configurações no “Squid. conf” e executar alguns comandos no servidor de maneira fácil e visível sem ter que ficar utilizando o um terminal local no servidor.No Squid Fácil você pode bloquear sites, bloquear acesso por IP, bloquear downloads e até mesmo fazer controle de banda sobre ip numa rede de maneira fácil, para administradores iniciantes. O Squid Fácil só funciona por bloqueio, ou seja, tudo é liberado, sites, ips, controle de banda e etc. Você deve aplicar os bloqueios que desejar. O Squid Fácil pode ser usado tanto somente para um Web – Proxy, ou em paralelo com o Mikrotik, tornando ele um Proxy transparente.

 
 
 
 

Squid Fácil 1.0  

Windows XP |  Windows 7

Bug Log   

Checar       

Squid Fácil Beta  

Windows XP |  Windows 7

 

SDK – Projeto  

Download

Squid Fácil Server

Mirror1 |   Mirror2

Microsoft .NET Framework 3.5  

Download

SQUID Original.

Este é um dos que pessoalmente eu prefiro usar pois ele é o verdadeiro SQUID o que garante que caso haja atualização você não tenha dores de cabeça esperando que o desenvolvedor faça a atualização.

Squid é um servidor de proxy de alta performance para clientes web, suportando FTP, gopher e objetos de dados HTTP, ele é desenvolvido para ambientes Unix/Linux e agora também disponível para Windows.

  • Proxy e cache de HTTP, FTP e outros URLs
  • Proxy para SSL
  • Hierarquias cache
  • ICP, HTCP, carpa, digere Cache
  • Cache transparente
  • WCCPv1 e v2
  • Regras de controle de acesso
  • A autenticação do Windows transparente baseado em NTLMv1/v2 e Kerberos
  • Aceleração do servidor HTTP
  • A companhamento SNMP
  • E outras funcionalidades

Agora, vou mostrar como se instala o Squid em um Servidor (de preferência) ou Cliente Windows:
1. Baixe o Squid (2.7.8), descompacte-o de preferência na partição do Windows (c:squid).
2. Renomeie os arquivos:
C:\squid\etc\squid.conf.default ==> squid.conf 
C:\squid\etc\mime.conf.default ==> mime.conf 
C:\squid\etc\cachemgr.conf.default ==> cachemgr.conf

Agora iremos compilar o programa:
3. Abra o Prompt de Comando (Iniciar -> Executar -> CMD).
4. Digite os seguintes comandos no prompt de comandos (Uma linha de cada vez):
cd c:\squid\sbin
squid -z
squid -O
squid -i -f c:/squid/etc/squid.conf -n Squid

Informações:
Squid -z – Cria o diretório de Cache
Squid -O – Adiciona o serviço Squid no Registro do Windows
Squid -i – Instala o serviço Squid usando o arquivo de configuração.

5. Depois de compilar o programa, basta abrir os serviços do Windows (Iniciar -> Executar -> Services.msc) e iniciar o serviço Squid.

Possiveis Problemas:
– Squid não Inicia: O Problema mas comum é esse, isso pode ocorrer caso você não esteja conectado à internet ou que você não tenha configurado corretamente o programa.
– Acesso Negado (nos clientes): Adicione a seguinte linha no arquivo C:\squid\etc\squid.conf:

http_access allow all

Para um melhor desempenho, recomendo apagar todas as linhas do arquivo c:\squidetc\squid.conf, e adicionar somente as seguintes:

1
2
3
4
http_port 3128
visible_hostname Inforlogia (Nome do Servidor)
acl all src 0.0.0.0/0.0.0.0
http_access allow all

http_port – Porta em que o Squid Rodará.
Visible_Hostname – Nome (do computador/servidor) que aparecerá nas páginas de erro do navegador.
acl all src – Faixas de IP que poderão utilizar o serviço squid (entre 0.0.0.0 e 0.0.0.0).
http_access – Permitir acesso à determinadas páginas ou até mesmo à internet (Allow All = Permite Todos, Denny All = Bloqueia todos).

Configurando o navegador:
Agora que você já instalou, configurou e iniciou o squid, basta ir de computador em computador e configurar o servidor de proxy.

Internet Explorer:
Abra o IE -> Ferramentas -> Opções da Internet -> Conexões -> Configuração da Lan -> Usar um servidor de Proxy para Rede local e digite o ip do computador que foi instalado o Squid (em endereço) e porta digite 3128 (o padrão do squid).

Mozilla Firefox:

Abra o Firefox -> Ferramentas -> Opções -> Avançado -> Rede -> Configurar Conexão -> Configuração Manual de Proxy -> Digite seu endereço de IP (em HTTP) em porta 3128 (padrão do Squid) e marque a caixa USAR ESTE PROXY PARA TODOS OS PROTOCOLOS.

Bloqueando sites e determinadas palavras pelo SQUID

Uma das principais funções do Squid é o bloqueio de sites, muito útil em ambiente empresariais e escolares. Você pode criar uma lista negra com várias palavras chaves e assim impedir o acesso da rede a determinados sites e páginas da Web.

A primeira coisa que se deve fazer é criar umarquivo com as palavras chaves que serão bloqueadas:

1 – Crie o arquivo /etc/squid/regra_de_conteudo e nele digite as palavras chaves que serão bloqueadas, exemplo:

01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
sexoagora
clubedaninfeta
sexo24h
galinhas.com
sexo-brasil.com
xvideos
clubedapunheta
putaria
anal
oral
playboy
boquete
boquetes
porno

2 – Agora, crie o arquivo /etc/squid/acesso_total  e insira nele os IPs que não passarão pelo filtro de bloqueio de URLs, assim podendo acessar qualquer tipo de conteúdo. Exemplo:

1
2
3
4
192.168.254.1
192.168.254.200
192.168.254.100
192.168.254.5

3 – Depois de criar a lista de bloqueios e a lista dos IPs que não passarão pelo filtro, precisamos editar o arquivo squid.conf para que as regras entrem em vigor. Adicione as seguintes linhas ao seu squid.conf:

1
2
3
4
acl acesso_total src "/etc/squid/acesso_total"
acl bloqueios dstdom_regex "/etc/squid/regra_de_conteudo"
http_access allow acesso_total
http_access deny bloqueios

Proxy Transparente em Windows:

Passo a passo para configurar o proxy transparente usando o SoftPerfect Bandwidth Manager:
Vamos começar instalando o Squid NT, use o meu velho tutorial aquihttp://www.inforlogia.com/2010/07/squid-no-windows.html para guiá-lo.

Então você vai precisar modificar o arquivo squid.conf para adicionar a palavras-chave “transparent” após a opção http_port e deve ficar assim:

1
http_port 3128 transparent

Instale o Softperfect Bandwidth Manager e abra-o, em seguida crie uma Porta Mapeada, aqui você deve definir a porta do Squid no servidor. Vá em Tools -> Port Mapping.

Proxy Transparente no Windows
Softperfect Bandwidth Manager: Criando um Novo Mapeamento de Porta

Clique no botão New para criar um novo mapeamento, preencha como o exemplo abaixo.

Proxy Transparente no Windows
Softperfect Bandwidth Manager: Criando Novo Mapeamento de Porta

Depois de criar um mapeamento de porta, você precisa criar uma nova regra para redirecionar todos os pedidos HTTP para a porta 80 do servidor remoto na porta 3128. Clique em Rules (Regras) -> Add Rule(Adicionar Regra). Na aba Geral preencha os campos com os seguintes valores:
Direction: Both
Transfer Rate Limit: Unlimited
Protocol: TCP and UDP
Apply Rule on Interface: LAN

Proxy Transparente no Windows
Softperfect Bandwidth Manager: Adicionando Nova Regra, Aba Geral

Importante! Você deve selecionar a interface (placa de rede) que está ligada à sua rede local (o que conecta ao servidor os outros computadores cliente, e não o conectado ao modem, etc).

 

Na guia Source, defina os seguintes valores:
Source Address (Endereço de Origem): Whole IP Range (Faixa de IP), insira as faixas de IP de seus clientes.
Porta de origem: (Any) Qualquer

Proxy Transparente no Windows
Softperfect Bandwidth Manager: Adicionando Nova Regra, Aba Source (Fonte) 

 

Na guia Destination (Destino) defina os seguintes valores:
Destination Address (Endereço de Destino): Any IP Address(Qualquer endereço IP)
Destionation Port: Port List, em seguida, adicione as seguintes portas: 80 (HTTP) e 443 (HTTPS).

Proxy Transparente no Windows
Softperfect Bandwidth Manager: Adicionando Nova Regra, Aba Destination (Destino)
 

Na aba Advanced marque a Opção Process through the following mapping (Processo através do seguinte mapeamento), dão cheque em “Processo através do seguinte mapeamento” e selecione o mapeamento da porta que você criou antes e clique em OK.

Squid no Windows
Softperfect Bandwidth Manager: Adicionando Nova Regra, Aba Advanced (Avançada)
 

Pronto, agora todos os pedidos para a porta 80 e 443 serão redirecionados para o Squid NT.

 

Referencias: http://www.inforlogia.com
http://under-linux.org
http://squidfacil.mikrotikfacil.com

Administrador AcessoWi-Fi.com – Gerente UnicoHost Soluções Web – Engenheiro de Redes

Julio Rossoni

Administrador AcessoWi-Fi.com - Gerente UnicoHost Soluções Web - Engenheiro de Redes

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.