NII Holdings espera ofertas pela Nextel Brasil em setembro, diz fonte


A Access Industries, que detém uma participação minoritária de 30 por cento na Nextel, também está interessada em aumentar sua participação na empresa

Por
Gram Slattery e Tatiana Bautzer, da Reuters

access_time

7 ago 2018, 16h39

São Paulo – A norte-americana NII Holdings espera receber ofertas pela operadora de telefonia celular Nextel Brasil em setembro, afirmou uma fonte com conhecimento do assunto nesta terça-feira, citando que Telefônica Brasil está entre os interessados, junto com TIM Participações e a Claro, subsidiária da América Móvil.

A Access Industries, que detém uma participação minoritária de 30 por cento na Nextel, também está interessada em aumentar sua participação na empresa.

Representantes da TIM Participações, NII e Claro não responderam imediatamente aos pedidos de comentários na terça-feira. Representantes da Telefônica Brasil se recusaram previamente a comentar, enquanto a Access Industries não respondeu aos pedidos de comentários.

Em teleconferência com analistas para discutir os resultados de segundo trimestre, o vice-presidente financeiro da NII, Daniel Freiman, afirmou que Rothschild & Co está assessorando a empresa no processo.

Uma venda da Nextel daria aos participantes do setor de telecomunicações do Brasil uma chance há muito esperada, mas rara, de consolidação.

Roberto Rittes, presidente da Nextel Brasil, afirmou que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) provavelmente vai elevar os limites de espectro no quarto trimestre, o que pode acelerar uma venda da empresa.

As ações da NII chegaram a subir 31 por cento em 28 de junho, depois que a Reuters publicou que a companhia tinha contratado a Rothschild para explorar venda da Nextel Brasil. A ação subiu cerca de 1.400 por cento no ano até agora em meio a apostas do mercado sobre uma aquisição da empresa.

Freiman se recusou a comentar durante a teleconferência sobre potenciais interessados, dizendo apenas que “discussões estratégicas” estão em andamento.

Uma venda para rivais locais depende da Anatel aumentar os limites de espectro. Grande parte do valor da Nextel vem de seus direitos de espectro nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, onde empresas como TIM e Telefônica já estão lutando contra os limites atuais.

A Nextel Brasil tem cerca de 3 milhões de clientes, mas o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) é próximo de zero.

A Nextel Brasil é a divisão da NII que opera na América Latina, depois da empresa ter deixado as operações no Peru, Chile e México, onde sua unidade obteve 1,9 bilhão de dólares da AT&T há três anos.





Source link

Administrador AcessoWi-Fi.com – Gerente UnicoHost Soluções Web – Engenheiro de Redes

Julio Rossoni

Administrador AcessoWi-Fi.com - Gerente UnicoHost Soluções Web - Engenheiro de Redes

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.