Embratel deve ser contratada para prestar serviço de nuvem ao governo

[ad_1]

(Crédito: Shutterstock Sergign)

O Ministério do Planejamento está avaliando a proposta da Primesys Soluções Empresariais, que apresentou lance na licitação para contratação do serviço de nuvem do governo, em pregão iniciado nesta quinta-feira (8). A empresa, que pertence ao grupo Embratel, pediu R$ 30 milhões para prestar serviços de computação em nuvem, sob demanda, incluindo desenvolvimento, manutenção e gestão de topologias de aplicações de nuvem e a disponibilização continuada de recursos de Infraestrutura como Serviço (IaaS) e Plataforma como Serviço (PaaS) em nuvem pública.

O valor ofertado é menos da metade do que o previsto no edital, superior a R$ 70 milhões. Mesmo assim, o pregoeiro solicitou a redução do preço do serviço, que atenderá a mais de 10 órgãos da administração direta. A empresa solicitou prazo até amanhã para dar uma resposta. O leilão, então, foi suspenso e será retomado amanhã.

A Primesys funcionará como integradora dos serviços. A empresa tem farta experiência na área de  outsourcing e TI, além de soluções customizadas.

[ad_2]

Source link

Administrador AcessoWi-Fi.com – Gerente UnicoHost Soluções Web – Engenheiro de Redes

Julio Rossoni

Administrador AcessoWi-Fi.com - Gerente UnicoHost Soluções Web - Engenheiro de Redes

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.